Página Principal  / Notícias para Turistas  / Projeto da EMDEC prevê melhorias em Viracopos

Notícias para Turistas

ver todas
Projeto da EMDEC prevê melhorias em Viracopos

Atendendo pedidos da Infraero, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas – EMDEC – concluiu e já apresentou à empresa um projeto para reorganização da circulação dentro do Aeroporto Internacional de Viracopos, com propostas para quem chega e sai do Terminal.

O projeto prevê disciplinar os fluxos viários e solucionar questões estratégicas na circulação. São propostas que demandarão intervenções físicas e ações operacionais.

O Terminal recebe cerca de 5 milhões de passageiros/ano. Viracopos é o 12.º maior aeroporto do País em número de passageiros e opera voos regulares para cidades como Frankfurt, Paris e Lisboa, além de países da América do Sul.

De acordo com a EMDEC, um dos principais problemas está no acesso ao Aeroporto. Independente do destino de quem chega, seja para os estacionamentos, área administrativa ou área industrial, toda a circulação é feita com a passagem em frente ao Terminal.

Outros pontos que exigiram respostas da EMDEC no projeto foram a falta de vagas de estacionamento; a falta de espaço que resulta em tumulto na área de embarque do Terminal (ou seja, em frente ao check in) e, também,  na área de desembarque; e a saída do Terminal, com trajeto cheio de desvios. A EMDEC destaca também os problemas na circulação dos ônibus e dos táxis, no Terminal.

Para as questões relacionadas às novas vagas de estacionamento, a Infraero informou a criação de três bolsões para atender aos usuários, sendo um próximo ao check in, outra para o estacionamento de funcionários e mensalistas (próximo à Torre de Controle) e o último bolsão será junto ao prédio da Administração, exclusivo para os funcionários da Infraero.

Obras e intervenções necessárias
As intervenções no trânsito envolverão a construção de um canteiro central na área de embarque, criando-se uma faixa de rolamento a mais em frente ao check in para dar maior fluidez ao acesso e diminuir, ao máximo, o tempo de parada dos usuários. Com a divisão do canteiro, fica liberada a passagem dos veículos pelo outro lado.

A medida complementar à faixa será a proibição de toda e qualquer parada de veículos em frente a essa área, exceto o desembarque de idosos e pessoas com deficiência. Para esses casos, estão previstas implantação de vagas exclusivas.

Outro destaque fica com a construção de uma plataforma coberta independente para os veículos de transporte coletivo (ônibus do Sistema InterCamp, fretados e das empresas aéreas). Com a transferência desses ônibus para essa plataforma, o espaço onde eles estão alocados hoje, passará a ser utilizado para ampliar o ponto de táxi; e eliminar o conflito existente entre os táxis, os pedestres e os veículos particulares.

Está prevista, ainda, a construção de uma calçada, com 4 metros, e uma passagem coberta da área da plataforma dos ônibus até o Terminal.

Estacionamentos
Para melhorar a circulação nos estacionamentos, a proposta da EMDEC é uma reconfiguração do traçado viário no acesso dos bolsões A e B, com possibilidade de articulação com o novo bolsão C, que será criado.

A EMDEC previu no projeto uma alteração na circulação existente entre os dois estacionamento (duplo sentido), melhorando as condições de chegada e permitindo condições de passagem sem necessidade de circular na via principal em frente ao portão de desembarque.

Antes da entrada dos estacionamentos, a EMDEC propõe a implantação de um Painel de Mensagem Variável (PMV), para informar e orientar a existência de vagas, facilitando o deslocamento para outros bolsões, em caso de lotação.

Saída rápida
A saída do Aeroporto também será facilitada com uma ligação direta com passagem na via em frente à torre – a saída será em linha reta, evitando contornos dentro da área. Para garantir essa saída, a EMDEC propõe a implantação de um semáforo no cruzamento em frente à Torre de Controle.

Outros pequenos ajustes permitirão a criação de um estacionamento específico para motos na área em frente à Torre.

A EMDEC estima que todo o projeto, que será custeado pela Infraero, deve ficar em torno de R$ 500 mil.

 



Serviços


EMDEC - Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas S/A - CNPJ 44.602.720/0001-00
Rua Dr. Salles Oliveira, 1.028, Vila Industrial, CEP 13035-270 - Campinas-SP
Fale Conosco Emdec 118


© Copyright. Melhor visualizado em 1024x768. Site homologado para navegadores: IE10, Chrome30, Firefox30 e superiores.
Interagi Tecnologia