Página Principal  / Notícias para Turistas  / Prefeito lança a Ciclofaixa “Campinas – Cidadania em movimento”

Notícias para Turistas

ver todas
Prefeito lança a Ciclofaixa “Campinas – Cidadania em movimento”

Dando continuidade às políticas públicas de Mobilidade Urbana para ampliar a oferta de novos espaços de lazer, garantindo mais cidadania à população, a partir da adoção de meios sustentáveis de deslocamento, a Prefeitura de Campinas, por meio da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), entrega a Ciclofaixa “Campinas – Cidadania em movimento” no próximo domingo, dia 23 de janeiro. O prefeito Dr. Hélio de Oliveira Santos apresentou o projeto na manhã desta quarta-feira, dia 19, na Sala Azul da Prefeitura.

A nova ciclofaixa terá 18 km de extensão (percurso de ida e volta) e funcionará exclusivamente aos domingos e feriados, no período das 7h às 13h. Ela terá como ponto de partida o Largo do Rosário e garantirá a ligação da região central até uma das mais tradicionais áreas de lazer da cidade, a Lagoa do Taquaral.

Para o prefeito Dr. Hélio, “a iniciativa faz com que Campinas também se torne uma referência no sentido de fortalecer a cultura do uso da bicicleta como meio de transporte, além de utilizar o espaço público da região central, para o entretenimento, prática de esportes e lazer. O que estamos apresentando não é novo, mas é algo desejado por todos que buscam qualidade de vida”.

O percurso da ciclofaixa, no sentido Centro x Taquaral, contempla a Avenida Francisco Glicério (atendendo o Largo do Rosário e Largo do Pará), Avenida Aquidaban, Rua General Marcondes Salgado (Bosque dos Jequitibás), Avenida José de Souza Campos (Norte-Sul), Avenida Júlio Prestes, Avenida Dr. Heitor Penteado (Lagoa do Taquaral) e Rua Vital Brasil (Praça Arautos da Paz).

Já no sentido Taquaral x Centro, os ciclistas deverão percorrer a Avenida Dr. Heitor Penteado, Rua Vital Brasil, Avenida Júlio Prestes, Avenida José de Souza Campos, Avenida Dr. Moraes Salles (subida da lateral do Viaduto Laurão), Rua Coronel Quirino, Avenida Aquidaban e Avenida Francisco Glicério, passando pelo Largo do Pará até o Largo do Rosário.

“Este é um momento histórico para Campinas, porque iniciamos a gestão do prefeito Dr. Hélio, em 2005, com sete quilômetros de ciclovias e ciclofaixas; chegamos a catorze; e, a partir de domingo, incorporaremos mais 12 quilômetros, atingindo 26 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas em toda a cidade”, afirmou o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), Gerson Luis Bittencourt.

Bittencourt também anunciou que, “por determinação do prefeito Dr. Hélio, já temos previsto uma ciclofaixa, nos mesmos moldes desta, para a região do Ouro Verde, que será entregue em 1º de maio; e, também, a ampliação da ciclovia de Barão Geraldo e implantação de ciclovias nos distritos de Sousas e Joaquim Egídio e nos corredores Campo Grande e Ouro Verde”.

A EMDEC destaca que, na maior parte do percurso da Ciclofaixa de Lazer, os ciclistas deverão circular à esquerda, junto ao canteiro central das vias.

O trajeto é formado por grandes retas, que privilegiam o uso da bicicleta, e contempla outras duas importantes áreas de recreação da cidade, como o Bosque dos Jequitibás e a Praça Arautos da Paz.

Além de incentivar o uso da bicicleta, o projeto visa promover junto à população esse hábito saudável de lazer, que pode trazer impacto na qualidade de vida; incentiva a revitalização da região central; e busca atrair pessoas para vias pouco utilizadas aos domingos e feriados.

Para o secretário de Esportes e Lazer, Gustavo Petta, o lançamento da ciclofaixa atende uma reivindicação antiga de ciclistas da cidade. “É um espaço para a prática da modalidade que há tempos era um desejo dos atletas. Agora, temos condições de colocar Campinas na rota de eventos de ciclismo nacionais e internacionais, utilizando a ciclofaixa para essas provas”, disse.

Petta afirmou, ainda, que o espaço não é destinado somente a atletas profissionais, mas a toda população. “Todos aqueles que buscam qualidade de vida e lutam por uma cidade mais saudável podem desfrutar da ciclofaixa. Esse é um projeto que pensa Campinas para o futuro, uma cidade sustentável preocupada com o estilo de vida das pessoas”.

Ciclofaixa conta com sinalização especial
Para garantir a segurança nos deslocamentos dos usuários, a EMDEC desenvolveu um projeto especial de sinalização em todo o percurso que compõem a Ciclofaixa “Campinas – Cidadania em movimento”.

O destaque inicial fica para a sinalização de solo. Os 18 km do percurso foram sinalizados com tinta acrílica na cor vermelha, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro. Toda a sinalização da ciclofaixa no entorno da Lagoa do Taquaral e da Praça Arautos da Paz foi revitalizada, assim como o restante do trajeto recebeu a pintura de uma faixa vermelha com 15 cm de largura, que delimita a área destinada aos ciclistas aos domingos e feriados.

Além da faixa vermelha, a EMDEC distribuirá 2.700 cones e cerca de 400 cavaletes ao longo do percurso nos dias de operação da ciclofaixa, para reforçar a delimitação do espaço para os ciclistas.

A EMDEC implantou ainda 33 conjuntos de legendas, com intervalo médio de 250 metros entre elas, para informar motoristas, ciclistas e pedestres sobre o período de funcionamento da ciclofaixa, exclusivo para domingos e feriados, das 7h às 13h.

Cada conjunto de legendas conta com quatro boxes, com as seguintes informações: em primeiro lugar, o pictograma de uma bicicleta e, na sequência, as mensagens “domingo”, “feriado” e “7h às 13h”.

A sinalização horizontal oferece ainda a pintura especial em pontos de travessia exclusivos aos ciclistas. Os pontos têm faixas em vermelho, com 2,3m de largura, e foram instalados em áreas como o trecho próximo ao Viaduto São Paulo, popularmente conhecido por Laurão; a Rua General Marcondes Salgado, ao lado do Bosque dos Jequitibás; e a Rua Vital Brasil, junto à Praça Arautos da Paz.

A cada 500 metros do percurso, também foram implantadas legendas para indicar o ponto da ciclofaixa em que o ciclista se encontra. O marco zero considerado para a implantação desta sinalização foi o Largo do Rosário.

Sinalização vertical e semafórica
Na sinalização vertical, a EMDEC também implantou três tipos de placas de regulamentação ao longo do percurso que indicam as regras para operação da ciclofaixa. O projeto contempla um total de 50 destas placas.

Também foram implantados dois semáforos especiais para a travessia dos ciclistas. Os equipamentos estão nos cruzamentos da Avenida Júlio Prestes com as ruas Duarte Coelho e Vital Brasil e vão funcionar exclusivamente nos dias de operação da ciclofaixa.

Além disso, a EMDEC também está implantando um novo semáforo no cruzamento entre a Avenida Dr. Heitor Penteado e a Rua Vital Brasil, para ampliar a segurança nos deslocamentos de motoristas, ciclistas e pedestres, minimizando o risco de conflitos no local. Este equipamento funcionará diariamente, em período integral.

O investimento total da EMDEC na implantação deste amplo projeto de sinalização foi de R$ 370 mil.

Como fica o transporte - Alterações no Sistema InterCamp
A implantação da Ciclofaixa “Campinas – Cidadania em movimento” também exigirá alterações na programação das linhas que trafegam na Avenida Francisco Glicério.

Aos domingos e feriados, no período das 7h às 13h, as linhas 2.65, 2.71, 3.63, 3.64, 3.68, 3.80, 3.81, 3.82, 3.83, 3.85, 3.91 e 3.97 terão seus pontos de parada alterados para a pista interna da Avenida Senador Saraiva, próximo ao cruzamento com a Rua Treze de Maio.

Já o embarque e desembarque para as linhas 1.73, 2.53, 3.40, 3.41, 3.42, 3.44, 3.45, 3.49, 3.59, 3.60, 3.66, 3.67, 3.95, 4.03, 4.08 e 4.99 deverá ser feito no ponto da pista interna da Senador Saraiva, esquina com a Rua Treze de Maio; ou na Rua Henrique de Barcellos, esquina com a Francisco Glicério.

Agentes da Mobilidade Urbana estarão distribuídos por toda a região para informar aos usuários sobre os pontos desativados e orientá-los sobre os locais onde poderão acessar os veículos de suas linhas.

Além disso, cartazes e panfletos com as alterações no itinerário das linhas serão afixados nos ônibus e panfletos e distribuídos aos usuários.

A EMDEC destaca que, em caso de dúvidas, o usuário pode entrar em contato com a empresa por meio do Disque CIMCamp, serviço telefônico que funciona 24 horas por dia e atende por meio do (19) 3772-1517.

Como fica o trânsito - Operação Assistida por 90 dias
Por um período de 90 dias, a partir da inauguração, a EMDEC montará uma operação especial, com intuito de acompanhar, corrigir e ajustar detalhes do funcionamento da ciclofaixa, principalmente em relação à questão da segurança.

Nos primeiros domingos, incluindo o lançamento do projeto, 70 agentes da Mobilidade Urbana estarão espalhados no trajeto da ciclovia para orientação e informação aos motoristas e ciclistas; e também aos usuários do transporte das linhas que sofrerão alteração no trajeto por conta da ciclofaixa. Deste total, 10 ciclistas vão trabalhar com bicicletas.

Com a adaptação dos usuários, a equipe de agentes deve ser gradativamente reduzida.

Durante o funcionamento da ciclofaixa, equipes da Guarda Municipal e SAMU já confirmaram o reforço na operação para ampliar a segurança.

A EMDEC solicitou também apoio da Polícia Militar e do Grupamento de Patrulhamento Aéreo para as atividades aos domingos.

Circulação no entorno
O fechamento da Avenida Francisco Glicério aos domingos, mesmo com fluxo reduzido aos finais de semana, trará impacto na circulação de veículos e para os estacionamentos ao longo da avenida (acesso às vagas de farmácia, à Catedral Metropolitana, hotéis e pontos de táxi).

Para orientar moradores, fiéis e usuários, a EMDEC colocará cartazes na Catedral informando que o acesso à igreja deverá ser feito exclusivamente pelas ruas José Paulino e Costa Aguiar.

Em relação aos pontos de táxi, três deles terão mudanças na operação aos domingos: o ponto da Av. Francisco Glicério que será remanejado para a Rua Conceição (no trecho entre a Av. Francisco Glicério e Rua Barão de Jaguara); o ponto de táxi do Largo do Pará, que vai ser levado para a Av. Aquidaban, próximo à Banca de Jornal; e o ponto da Av. Dr. Campos Salles, próximo ao Palácio da Justiça, de onde os taxistas deverão sair no contra-fluxo, por conta do fechamento da Glicério.

Proibição de estacionamento
No dia 22 de janeiro, sábado que antecede a inauguração da Ciclofaixa, a EMDEC também realizará uma operação com agentes da Mobilidade Urbana e equipes de educação para informar que durante o funcionamento da ciclofaixa será proibido o estacionamento/parada de veículos ao longo da Av. Francisco Glicério, mesmo em vagas de farmácia, hotéis e outras, no trecho que fica entre a Rua General Osório até a Av. Aquidaban – área interditada.

Ciclofaixa terá percurso monitorado pela CIMCAMP
Ao longo dos 18 km da ciclofaixa, 10 câmeras da Central Integrada de Monitoramento de Campinas – CIMCamp, poderão acompanhar a movimentação dos ciclistas,durante os dias de operação.

Confira os pontos:
- Av. Francisco Glicério X Av. Dr. Campos Salles - Palácio da Justiça
- Av. Francisco Glicério C Rua Conceição (em frente à Catedral Metropolitana)
- Av. Francisco Glicério X Av. Dr. Moraes Salles
- Av. Francisco Glicério X Largo do Pará
- Av. Dr. Moraes Salles sobre o Viaduto São Paulo (conhecido como Laurão)
- Av. José de Souza Campos X Rua Coronel Silva Telles (próximo ao Carrefour bairro)
- Av. José de Souza Campos X Av. Orosimbo Maia
- Av. Júlio Prestes (Balão do Bela Vista)
- Praça Arautos da Paz
- Avenida Heitor Penteado (portão 07)

Serviços disponibilizados nos domingos de lazer
Quem apostar no lazer e frequentar a ciclofaixa aos domingos e feriados poderá aproveitar uma gama de serviços da EMDEC que serão disponibilizados no Largo do Rosário, marco zero do projeto. Estão previstas atividades educativas para os ciclistas e toda a família, voltadas, sobretudo, para a segurança. Tendas serão montadas para essas atividades.

A EMDEC disponibilizará, ainda, livros para empréstimo com o projeto “Leitura, a melhor viagem”, que ganhará estantes nesta praça. O projeto incentiva a leitura, com o empréstimo gratuito de títulos.

Outros serviços oferecidos no Marco Zero da Ciclofaixa serão o cadastro para uso das vagas exclusivas para idosos e pessoas com deficiência. A partir do cadastro, os interessados retirarão as credenciais na Sede da EMDEC, à Vila Industrial; e a consulta junto ao Sistema de Informação ao Usuário – SIU- para informações sobre horários e itinerários de linhas.

Já estão confirmados também postos de hidratação, com entrega de água pela Sanasa, ao longo do percurso.

Atividades esportivas da Secretaria de Esportes
Como parte do projeto da Ciclofaixa, a Avenida Francisco Glicério ficará fechada no trecho entre o Largo do Rosário e Largo do Pará, nos horários de funcionamento da faixa exclusiva dos ciclistas (domingos e feriados, das 7h às 13h). Para estimular a prática das atividades a Secretaria de Esportes e Lazer preparou uma programação para a população que busca melhorar a qualidade de vida.

No próximo domingo, dia 23, por exemplo, acontecem as aulas abertas de ginástica e alongamento, no largo do Pará. As atividades serão para o grupo da terceira idade, e para todos os interessados na prática dos exercícios.

Ao longo da Avenida Francisco Glicério serão montados pontos de recreação, onde as crianças encontraram quadras de “mini-esporte” para jogar futebol, vôlei e basquete. Mesas de jogos também estarão à disposição para quem optar por dama, xadrez e o futebol de botão.

A programação terá, também, a participação especial de alunos da Associação de Pais e Amigos Excepcionais de Campinas (APAE/Campinas). Eles farão jogos amistosos de futebol na quadra, que também será montada na avenida. Quem também usará o espaço será o pessoal do streetball, o basquete de rua. Nos intervalos dos jogos a quadra fica aberta à população.

Outra atividade será a apresentação de hockey e de patinação free-style. Vale lembrar que toda a programação é gratuita.

Confira os horários das atividades:

Largo do Pará
9h – Aula aberta de ginástica para 3ª idade
10h – Aula aberta de ginástica e alongamento

Ao longo da avenida
Das 9h às 12h - Recreação (quadras de mini-esporte e mesa de jogos) Jogos Amistosos de streetball e futebol especial (APAE) Apresentação de hockey e patinação free-style

EMDEC destaca dicas de segurança para ciclistas
Ao usar o espaço da ciclofaixa, algumas regras devem ser seguidas para ampliar a segurança de todos que compartilham esse espaço (outros ciclistas, pedestres e também motoristas).

Confira as principais orientações para os ciclistas:

- RESPEITE A SINALIZAÇÃO
Observe a sinalização: pare ao sinal vermelho, respeite a faixa de pedestre e não faça conversões proibidas.

- LIMITE DE VELOCIDADE
A Ciclofaixa é espaço de lazer e não para competições. Cuidado com a velocidade.

- COMPARTILHE O ESPAÇO
Respeite todos os usuários da via e redobre o cuidado com as crianças.

- CIRCULE SOMENTE NA CICLOFAIXA
Para sua segurança, mantenha-se no espaço demarcado da Ciclofaixa.

- USE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA
É muito importante usar equipamentos de segurança como capacete, óculos, luvas, fitas refletivas nas roupas e na bicicleta, além de buzina.

- MANUTENÇÃO DA BICICLETA
Verifique sempre as condições da bicicleta, especialmente dos freios e dos pneus.

- IDENTIFICAÇÃO PESSOAL
Porte sempre documentos pessoais e telefone para contatos. Se tiver convênio médico, a carteirinha do convênio. Caso existam indicações de problemas de saúde, é muito importante informá-lo, por meio de documentos.

- OBEDEÇA ÀS LEIS DE TRÂNSITO
Nunca ande na contramão da via. Fique atento aos cruzamentos. 95% dos acidentes envolvendo ciclistas acontecem em cruzamentos; e, em menos de 1% dos acidentes o ciclista sofre uma colisão traseira.

- SINALIZE INTENÇÕES
Respeite os motoristas e procure acenar suas intenções e atitudes.

- FIQUE VISÍVEL
Use roupas visíveis para ampliar a sua segurança.

- SEM CICLOFAIXA, CIRCULE À DIREITA
Onde não houver ciclovia ou ciclofaixa, trafegue sempre à direita.

- CUIDE DA SUA SAÚDE
Hidrate-se durante a atividade física. Antes da atividade, é aconselhável também alongamentos e o uso do filtro solar. Em caso de acidentes, acione imediatamente o SAMU, pelo 192, e procure não mover a vítima.

 



Serviços


EMDEC - Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas S/A - CNPJ 44.602.720/0001-00
Rua Dr. Salles Oliveira, 1.028, Vila Industrial, CEP 13035-270 - Campinas-SP
Fale Conosco Emdec 118


© Copyright. Melhor visualizado em 1024x768. Site homologado para navegadores: IE10, Chrome30, Firefox30 e superiores.
Interagi Tecnologia