Página Principal  / Notícias para Acessibilidade  / EMDEC incentiva respeito aos assentos preferenciais

Notícias para Acessibilidade

ver todas
EMDEC incentiva respeito aos assentos preferenciais

Durante todo esse mês de novembro até a primeira quinzena de dezembro, quem utiliza o transporte coletivo na cidade, pode ver estampado, em toda a frota, cartazes com informações sobre o respeito ao assento preferencial nos ônibus urbanos.

A proposta da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas – EMDEC – ao abordar o tema no Jornal do InterCamp, que circula mensalmente no transporte, é incentivar e orientar a sociedade para que respeite e ceda sempre esse espaço aos mais velhos, adultos com crianças de colo e gestantes.

Os cartazes trazem mensagens como “Faça a diferença. Dê a preferência. Respeite os assentos preferenciais.”
De acordo com a Lei 5.782/1987, o direito aos assentos preferenciais é  garantido a esse público.  Entretanto, é muito comum o desrespeito à legislação. No período de festas de fim de ano, quando a procura pelo transporte coletivo aumenta, cenas de idosos de pé e jovens ocupando os assentos são freqüentes.

Para a gerente de Educação e Cidadania da EMDEC, Roberta Mantovani, esse tema integra, de forma permanente, o trabalho educativo nas escolas, universidades e ações da EMDEC com os usuários do transporte.

“Vale destacar que nosso trabalho com os idosos contemplou, ainda, neste ano, a discussão e o respeito da sociedade às vagas exclusivas; e temos um projeto específico, batizado como Idosos em Movimento, que incentiva os idosos a refletirem sobre todos os seus direitos na mobilidade".

Segundo o presidente da Associação dos Idosos de Campinas, José Alves dos Santos, 75, esse é um problema diário que o idoso enfrenta no transporte coletivo. “Basta entrarmos nos ônibus para ver que ninguém cede os lugares”.

Ele conta que já presenciou casos em que os passageiros chegam a humilhar os idosos e esbravejam que também pagam a passagem.

O presidente afirma, ainda, que se trata de uma situação complexa. “As campanhas são importantes, mas precisam ser mais frequentes. O idoso também precisa fazer a sua parte e ocupar os assentos; e a sociedade enfatizar de forma constante esse direito garantido”.

Para Santos, a Associação tem trabalhos há muito tempo para ampliar uma convivência mais harmoniosa entre motoristas, demais usuários e idosos. “Sempre que podemos, buscamos reconhecer o mérito de quem promove essa convivência, que passa pelo respeito nas relações”. A iniciativa da EMDEC é muito boa, mas defendemos que o idoso deve reivindicar mais e denunciar o desrespeito. Ele argumenta que pelo número de ocorrências, as reclamações são poucas.

Santos é usuário do transporte coletivo e diz que presencia com freqüência maus tratos e desrespeito com os idosos. “A lei existe, mas precisamos colocá-la em prática todos os dias. Faço um apelo às igrejas e famílias que eduquem seus filhos e fiéis, pois se trata de uma questão de solidariedade e educação, que começa em casa e precisa ser reforçada por todos: mídia, igrejas e escolas”.

 



Serviços


EMDEC - Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas S/A - CNPJ 44.602.720/0001-00
Rua Dr. Salles Oliveira, 1.028, Vila Industrial, CEP 13035-270 - Campinas-SP
Fale Conosco Emdec 118


© Copyright. Melhor visualizado em 1024x768. Site homologado para navegadores: IE10, Chrome30, Firefox30 e superiores.
Interagi Tecnologia