17 de Janeiro de 2018 - Campinas/SP
Página Principal  / Notícias  / Emdec implantou mais de 30 mudanças no trânsito em 2016 para melhorar a circulação

Notícias

ver todas
Emdec implantou mais de 30 mudanças no trânsito em 2016 para melhorar a circulação

A Administração municipal enfrentou neste ano uma taxa de motorização que estabelecia, nas estatísticas recentes (2015), 1 veículo para cada 1,30 habitante no trânsito de Campinas. As ruas e avenidas sobrecarregadas, características das grandes metrópoles, foram palco de diversas obras viárias, das elementares às mais complexas, com o objetivo de eliminar antigos gargalos, melhorar sua fluidez e garantir a segurança dos deslocamentos. A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) promoveu alterações de circulação em diferentes bairros. Vários cruzamentos receberam semáforos.
 
Destacou-se, em 2016, a entrega do segundo trecho revitalizado da Francisco Glicério, entre as avenidas Dr. Moraes Salles e Aquidabã. As intervenções conferiram maior acessibilidade à avenida. As calçadas passaram de três para seis metros. A Prefeitura também padronizou barracas, bancas e pontos de ônibus, além de aterrar os fios de energia e telefonia.



Se a Glicério, comparada à Avenida Paulista, proporcionou uma nova dinâmica de mobilidade urbana e ocupação do espaço público, sendo inclusive fechada para atividades de lazer no domingo, 18/12, das 9h às 16h, desde o Largo do Rosário até a Moraes Salles, a John Boyd Dunlop começou a ser alargada no Jardim Florence, na altura da linha férrea, para desatar um dos piores nós da malha urbana campineira.
 
Está prevista a construção de quatro pistas neste trecho da avenida pela concessionária Rumo, totalizando oito faixas de rolamento, quatro por sentido. O futuro corredor do BRT (Bus Rapid Transit, transporte rápido por ônibus) também passará pelo local.


Os últimos 12 meses marcaram, ainda, no âmbito das obras de infraestrutura, a abertura do novo acesso ao Shopping Parque das Bandeiras, na John Boyd Dunlop, no Jardim Ipaussurama, através de contrapartida firmada com o empreendedor.


 
Mas em tempos de dificuldades financeiras, entraram em cena soluções baratas, porém inteligentes, para desobstruir o tráfego em diferentes regiões do município.
 
Em março, a Emdec reorganizou o fluxo em um ponto crítico do distrito de Barão Geraldo. O acesso da Rua Giuseppe Máximo Scolfaro à Estrada da Rhodia ganhou semáforos para disciplinar a circulação.


 
No mesmo mês, foi estruturada uma rota alternativa dentro do Jardim Guanabara para melhorar o trânsito do cruzamento entre as avenidas Barão de Itapura e Brasil. Os motoristas com destino ao Taquaral ou Barão Geraldo agora podem evitar o trecho da Barão de Itapura anterior à Brasil optando pelas ruas Barata Ribeiro e Barão de Atibaia.
 

 
Em abril, a Avenida Carlos Grimaldi teve alterações para aumentar a segurança viária no Jardim Conceição. A via da região leste é uma importante ligação para a região do Galleria Shopping e da Rodovia Dom Pedro I (SP-65). Dois cruzamentos foram semaforizados: Carlos Grimaldi x Antônio Maurício Ladeira e Carlos Grimaldi x Circolo Italiani Uniti.
 

 
No mês seguinte, a Emdec fez duas reconfigurações estratégicas em avenidas. Na primeira, a Emdec estreitou o canteiro central no viaduto da Avenida Dr. Alberto Sarmento, antes do acesso à Av. Lix da Cunha, a partir do cruzamento com a Rua Major Luciano Teixeira, no bairro Bonfim. Isso permitiu abrir uma terceira faixa de rolamento e desafogar a circulação no sentido Vila Industrial. 
 

 
Essa linha de raciocínio também contemplou o trecho da Barão de Itapura anterior às ruas Salustiano Penteado e Barão de Parnaíba, na Vila Itapura, onde a capacidade viária foi ampliada em 50%, passando de duas para três faixas de rolamento neste sentido. A Emdec reduziu o canteiro central para poder abrir a terceira faixa.
 

 
E em novembro, no distrito de Sousas, houve mudanças no cruzamento da Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros com a Rua Atílio Focesi. A abertura do canteiro central, com implantação de conjunto semafórico, facilitou o acesso aos bairros.
 
“Foram ações práticas e econômicas que aprimoraram o desempenho do sistema viário. Elas integraram o chamado Plano Emergencial de Pontos Críticos”, explica o secretário municipal de Transportes e diretor-presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.
 
Segundo Barreiro, além da questão logística, esse trabalho é decisivo para reduzir a acidentalidade: “A implantação dos projetos de engenharia de tráfego, a renovação da sinalização e as campanhas educativas têm como prioridade a segurança da circulação. O objetivo da Emdec, que depende da consciência de motoristas e pedestres, é proporcionar todas as condições, baseadas na legislação de trânsito, para que os índices caiam ainda mais”.
 
Campinas registrou 81 acidentes de trânsito fatais em 2015, com 88 mortes no total. Apesar do crescimento da população (0,8%) e da frota de veículos automotores (1,5%) entre 2014 e 2015, os óbitos resultantes dessas ocorrências recuaram 8,3%, de 96 no ano retrasado para 88 no ano passado.
 
Semáforos e mudanças de sentido



Além das obras de infraestrutura e ações do Plano Emergencial de Pontos Críticos resumidas acima, as seguintes vias ganharam semáforos ou tiveram a circulação modificada em 2016:
 
- Avenida Barão de Itapura x Rua Pedro Anderson (semáforo);
- Avenida Comendador Aladino Selmi (semáforos para pedestres junto ao Jardim Mirassol e CDHU San Martin);
- Ruas Benedito Franco e Francisca Alves do Pinho, bairros Jardim Nova Esperança e Residencial Novo Mundo (implantação de sentido único);
- Ruas Dr. José Ferreira de Camargo, Dr. Paulo Castro Pupo Nogueira, Sir Alexander Fleming, Rafael Andrade Duarte e Artur de Freitas Leitão, Nova Campinas (implantação de sentido único);
- Avenida Camucim (semáforo para facilitar saída do Residencial São José), com implantação de sentido único na Rua José Sebastião Nápole, no trecho entre as ruas Comendador Arly Gomes Ribeiro e Tenente Geraldo Fernandes;
- Rua Sampaio Peixoto, Cambuí (implantação de sentido único no trecho entre Avenida Orosimbo Maia e Rua dos Alecrins);
- Rua Santa Rita do Passa Quatro, Jardim Nova Europa (implantação de sentido único);
- Rua São Pedro, Cambuí (implantação de sentido único no trecho entre as ruas Ferreira Penteado e Conceição);
- Avenida Francisco Glicério x Rua Cônego Cipião (semáforo);
- Avenida Ruy Rodriguez x Rua Antônio Menas Filho (semáforo);
- Ruas Vieira Bueno, Professor Gustavo Enge, Hildebrando Siqueira e Santa Cruz, Cambuí (implantação de sentido único);
- Rua Itapecerica da Serra, Cidade Jardim (implantação de sentido único);
- Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros, Sousas (semáforo para pedestres junto ao hipermercado Pão de Açúcar);
- Avenida Barão de Itapura (semáforo para pedestres junto à Unimed);
- Rua Louis Pasteur, Parque Alto Taquaral (implantação de duplo sentido);
- Rua Dr. Salles Oliveira x Rua Monte Mor, Vila Industrial (semáforo), com implantação de sentido único na Monte Mor, no trecho anterior à Salles Oliveira;
- Rua Manoel Machado Pereira, Parque Valença (implantação de sentido único no trecho entre as ruas Júlio Bocaletti e Manoel Marques Lopes);
- Rua Alferes Raimundo, Vila Industrial (implantação de sentido único no trecho entre as ruas Dr. Salles Oliveira e Vinte e Quatro de Maio);
- Avenida Brasília x Avenida Paulo Provenza Sobrinho (semáforo);
- Rua Benedita Amaral Pinto, Jardim Santa Genebra (implantação de sentido único no trecho entre as ruas Frei Francisco de Mont’Alverne e Domingos Cazotti);
- Rua Dr. Quintino de Paula Maudonnet, Taquaral (implantação de sentido único no trecho entre Avenida Padre Manuel Bernardes e Rua Fernão Lopes);
- Rua Dom Humberto Mazzoni, Conjunto Habitacional Padre Anchieta (semáforo para pedestres);
- Ruas Dr. Antônio Galízia, José Gregório Filho e Laís Bertoni Pereira, Cambuí (implantação de sentido único de circulação).
 
“Apesar do planejamento para estes 23 outros locais melhorar o fluxo dos veículos em geral, nossas diretrizes são priorizar o transporte coletivo sobre o transporte individual e os modos de transporte não motorizados sobre os motorizados, de modo que o carro seja usado somente quando necessário, inclusive por questões ambientais”, destaca o secretário Barreiro (foto).
 
Para tornar o transporte público coletivo municipal (Sistema InterCamp) mais atrativo e ampliar o número de usuários, a atual Administração incorporou 334 novos ônibus na frota, além de benefícios como o aumento da integração de uma hora e meia para duas horas, o Passe Lazer (50% de desconto na tarifa dois dias por mês) e o Bilhete Universitário (50% de desconto para estudantes universitários). 
 
O sistema é acompanhado em tempo real através do Núcleo de Monitoramento de Transporte (Numt). Os passageiros podem consultar quando os ônibus chegarão no ponto pelo aplicativo CittaMobi (“Busão na Hora”), compatível com Android e iOS, baixado na Google Play ou App Store.
 
Recentemente, foram implantados 7,5 km de faixas exclusivas para ônibus, em trechos da Avenida Benjamin Constant, Avenida Dr. Campos Sales, no Eixo Barão Geraldo (Rua Carolina Florence e Rua Buarque de Macedo) e no Eixo Sudeste (Avenida da Saudade e Rua da Abolição).
 
Planos em andamento
Paralelamente, o Plano Cicloviário prevê mais de 180 km de vias para as bicicletas – Campinas atualmente possui 21 km de ciclovias.
 
Já o futuro Plano Viário vai nortear a Mobilidade Urbana nos próximos 25 anos, ou seja, até 2040. A proposta é integrar diferentes meios de transporte - a pé, de bicicleta, de carro, de ônibus. O plano começou a ser elaborado em abril pela TTC Engenharia de Tráfego e de Transportes e ficará pronto em 2017 para ser entregue à Câmara Municipal.

Há, também, o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável, que prevê a implantação do sistema público de bicicletas, da carona solidária e do sistema público de compartilhamento de carros. A ideia é que Campinas tenha uma mobilidade acessível e inovadora, que atenda aos cidadãos com menos poluição e mais saúde. O Plano de Mobilidade Urbana Sustentável está sendo desenvolvido em parceria com a organização de sustentabilidade World Business Council for Sustainable Development (Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável - WBCSD).

Com foto de Carlos Bassan (Avenida Francisco Glicério)
Autor: Edgard Oliveira Jr. Última alteração em 05 de Janeiro de 2017 às 12:48



Veja mais

 Secretaria de Transportes apresenta diagnóstico do Plano Viário de Campinas

 Trechos de quatro vias no município com bloqueio nesta quarta-feira, 17 de janeiro

 Veja o passo a passo para receber o cartão de idoso ou deficiente pelos Correios

 Emdec disponibiliza ferramenta para consulta de infrações de trânsito

 Cadastro para bilhetes Escolar e Universitário

 Rede Temática facilita acesso a hospitais

 Programação do Verão Vivo e ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul no fim de semana

 Trecho da Jesuíno Marcondes Machado com bloqueio viário na quinta, 11 de janeiro

 Trecho da Avenida Mário Scolari com bloqueio total por cinco dias

 Trecho da Rua Riachuelo com bloqueio viário neste sábado, 6 de janeiro

 Programação do Verão Vivo e ciclofaixa de lazer Taquaral / Norte-Sul no fim de semana

 Trechos de vias no município permanecem com bloqueio viário até sexta, 5 de janeiro

 Trecho da Rua Mac-Hardy com bloqueio viário nesta quinta-feira, dia 4 de janeiro

 Trechos de vias no município permanecem com bloqueio viário nesta quarta, 3 de janeiro

 Vias no município com interdições ao tráfego na terça-feira, 2 de janeiro

 Cadastro para bilhetes Escolar e Universitário volta na terça-feira, 2 de janeiro

 Motoristas de ônibus de Campinas terão curso de segurança, ética e cidadania

 Tarifa do transporte coletivo de Campinas com novos valores a partir de 6 de janeiro de 2018

 Verão Vivo e ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul são opções de lazer para o Réveillon

 Emdec mantém serviços essenciais durante o Réveillon

 Cadastro e venda dos bilhetes Escolar e Universitário suspensos nas férias

 Prefeitura entrega nova alça de acesso da Avenida Prestes Maia

 Verão Vivo e ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul são opções de lazer para o Natal

 Emdec mantém serviços essenciais durante o Natal

 Emdec libera estacionamento em vias do Centro para facilitar compras natalinas

 A partir de 17 de fevereiro de 2018, ônibus não aceitam dinheiro para pagamento da tarifa

 Administração sanciona Lei dos Aplicativos de Transporte

 Vias no município com interdições ao tráfego na segunda-feira, dia 18 de dezembro

 Trecho de rua no Chapadão com bloqueio viário para recape nesta sexta, 15 de dezembro

 Emdec fará operação especial para 3ª edição do projeto Viva a Glicério

 Programação do Verão Vivo e ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul no fim de semana

 Campinas ganha ônibus coletivo com decoração natalina

 Rua Gil Vicente, no Taquaral, com mudança na circulação de veículos

 Avenida John Boyd Dunlop ganha semáforos no acesso ao Bairro Nova Esperança

 Emdec inicia novo processo de redução de velocidade na Avenida Dr. Campos Sales

 Fiscalização de trânsito por câmeras completa um mês com 232 autuações

 Rua no Parque Industrial com bloqueio viário no feriado de 8 de Dezembro

 Emdec libera estacionamento em vias do Centro para facilitar compras natalinas

 Trecho de rua no Alphaville com bloqueio viário até o dia 14 de dezembro

 Trecho de via no Botafogo com bloqueio viário nos próximos dois dias

 Verão Vivo e ciclofaixa Taquaral / Norte-Sul são opções de lazer para o feriado prolongado

 Emdec mantém serviços essenciais durante feriado da Padroeira de Campinas

 Vias no município com interdições ao tráfego no fim de semana

 Novos membros do Conselho de Trânsito e Transporte tomam posse para 2018 / 2019

 Rua Álvaro Muller terá trecho bloqueado para obra da Sanasa nesta sexta, 01/12

 Confira a programação do Verão Vivo no fim de semana

 1ª Corrida da Inclusão percorrerá pista e ciclovia da Isaura Roque Quércia no domingo

 Emdec presta apoio operacional para 7º Passeio Ciclístico Band Campinas

 Rua Padre Vieira com bloqueio viário nesta quarta-feira, 29 de novembro

 Cadastro e venda de créditos de BU Escolar e Universitário suspensos durante as férias



Página 1 de 144

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
>>

Serviços


EMDEC - Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas S/A - CNPJ 44.602.720/0001-00
Rua Dr. Salles Oliveira, 1028, Vila Industrial, CEP 13035-270 - Campinas/SP - (19) 3772-1517


© Copyright. Melhor visualizado em 1024x768. Site homologado para navegadores: IE10, Chrome30, Firefox30 e superiores.
Interagi Tecnologia